by

A Croácia que a Europa já vai conhecendo. (C/VIDEO)

Share / Partilhar:

Passei cerca de duas semanas na Croácia durante esta viagem, não achei tão calmo nem organizado quanto a Eslovénia, mas também foi um pais com uma maior envolvência na guerra dos Balcãs e como tal está a ter uma caminhada diferente e as marcas da guerra ainda são bem visíveis em alguns pontos. Há também alguns problemas políticos devido ao acordo feito para terminar a guerra que não são positivos para ninguém, um pouco de história só para não acharem que ando apenas a passear.

Entrei no pais direto para Zagreb a capital, uma típica capital Europeia, com muita gente, muita vida e confusão, mas pouco para ver de muito extraordinário, até que descobri o lago Jarun, basicamente fizeram um desvio do rio e criaram um jardim enorme (cerca de 8km para dar uma volta completa) tem uma pista de competição de remo ao centro, uma reta com 2kms, tem varias praias tudo artificial a volta do lago central (inclusive uma de nudistas), e tem todo o género de estruturas desportivas, restaurantes, bares, discotecas e outras estruturas de apoio, um paraíso em plena capital criado de raiz, cheio de vida, adorei.

Depois como bom turista que sou segui em direcção à costa, parei no paraíso natural que são os Lagos Plitvice sobre os quais fiz um artigo a parte, e segui para a costa , iniciando em Zadar e seguindo até Makarska (infelizmente não fui a Dubrovnik, porque tenho de cortar um pouco nos kms e já se tornava fora de rota), aqui está o grande motor deste pais, centenas de ilhas e praias, todo o género de estruturas turísticas, e mesmo as cidades em si são ricas em monumentos, fortalezas e outros edifícios históricos, vale a pena percorrer a costa da Croácia, certamente será um pouco confuso e mais caro no verão (para nós Portugueses ao nível do Algarve em termos de custos, talvez ligeiramente mais barato), em termos de natureza também é fantástico porque atrás da linha de costa estão as montanhas e a frente há sempre ilhas, cada uma com as suas particularidades e que está na minha lista para viagens futuras.

Quanto à parte social do pais, os salários são relativamente mais baixos que em Portugal, mas também os preços de tudo são ligeiramente mais baixos, em todo o lado tive facilidade em comunicar em inglês, nunca ninguém me respondeu em Croata, conheci algumas pessoas por lá, turistas e locais que me ajudaram a conhecer melhor o pais, no geral pareceu me um pais seguro e um bom povo.

Resumindo, não se acanhem, podem vir que se não conhecem ainda, vão adorar conhecer. Fiquem com o vídeo (ver também o artigo sobre os Lagos Plitvice) e as fotos deste agradável destino.

VIDEO


FOTOS

Para acompanharem mais de perto as minhas aventuras, sigam-me no Instagram , Facebook e Youtube

Share / Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *